Deputada Roberta Arraes realiza reunião remota com a participação do promotor de justiça Dr. Édipo Cavalcante

Deputada Roberta Arraes participa da abertura da UTI do Hospital e Maternidade Santa Maria
4 de maio de 2020
Deputada Roberta Arraes preside debate na comissão de Saúde sobre os protocolos de tratamento ao Covid-19, com pesquisadores da Fiocruz
21 de maio de 2020
Exibir tudo

A deputada Roberta Arraes que também é presidente da comissão de Saúde e Assistência Social da Alepe, presidiu na tarde de ontem (06), uma reunião remota extraordinária, com a participação do promotor de justiça do Ministério Público de Pernambuco, Dr. Edipo Cavalcante, que também é coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça em Defesa da Saúde (Caop).
A pauta principal da reunião foi sobre o isolamento social, onde deputados membros da comissão e do grupo de trabalho de enfrentamento ao covid-19, puderam debater, tirar dúvidas e dividir sugestões com o promotor Dr. Édipo, além das colocações sobre os recursos que os municípios estão recebendo e que precisam ser utilizados com urgência para diminuir a curva da pandemia do coronavírus/COVID-19.
“Foi um debate bastante enriquecedor, com colocações pertinentes e claras de Dr. Édipo, que realiza um grandioso trabalho resguardando os direitos dos cidadãos”, afirmou Roberta.
O promotor frisou mais uma vez, a importância do isolamento e distanciamento social, visto que a taxa de isolamento no estado deveria estar em 70%, e encontra-se abaixo de 50%.
“É muito importante a permanência da população em casa, quanto mais pessoas se expõem nas ruas, mais tem chances de serem contaminadas”, disse Dr. Édipo.
A parlamentar falou do importante trabalhado realizado pelo MMPE, sob o comando do procurador-geral, Dr. Francisco Dirceu, que vem atuando de forma significativa no estado, na luta para combater o crescimento da pandemia.
Roberta finalizou suas palavras pedindo mais uma vez a conscientização que todos fiquem em casa.
“Estamos vendo cada dia a curva da doença crescer em nosso estado, e a porcentagem do isolamento diminuir. Não é fácil, mas é necessário, vamos ficar em casa e juntos venceremos esta batalha”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *