Roberta Arraes é a primeira deputada do Araripe a usar a tribuna do Senado Federal

Deputada Roberta Arraes homenageia os 20 anos da AACD – Recife
22 de maio de 2019
Na Alepe, deputada Roberta Arraes presta homenagem ao cantor Gabriel Diniz
31 de maio de 2019
Exibir tudo

A manhã de hoje (24), foi marcada pela presença da primeira deputada do Araripe, a usar a tribuna do plenário do Senado Federal. A parlamentar Roberta Arraes esteve presente, representando a Assembleia Legislativa de Pernambuco, na sessão solene de homenagem ao Centenário de Nascimento do Professor Fernando Figueira, patrono do Instituto de Medicina – IMIP, que ocorreu em Brasília.

Diplomado em 1940 pela Faculdade de Medicina do Recife, o professor Fernando Figueira iniciou sua vida profissional como clínico geral em Quebrangulo, interior de Alagoas. Em 1948, foi médico do Hospital das Clínicas e Assistente da Cadeira de Clínica Pediátrica na Universidade de São Paulo (USP). Após nove anos, voltou ao Recife.
Nos anos seguintes, adquiriu experiência profissional como Professor Visitante nos Estados Unidos, México e Paris.

Em seu pronunciamento, Roberta Arraes citou a principal obra do homenageado, em 1960, que foi o Instituto Materno Infantil de Pernambuco, o IMIP, e que hoje é chamado de Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira.
“Entidade filantrópica que atua nas áreas de assistência médico-social, ensino, pesquisa e extensão comunitária, possuindo um imenso complexo hospitalar voltado para o atendimento da população carente pernambucana”, afirmou.

Para a deputada, estar no Senado Federal foi um momento de muita emoção e de orgulho.
“Um honra fazer parte desta ocasião, representando não só a Alepe, como o povo sertanejo, e homenageando esse ser humano que deixou como herança um dos maiores legados da medicina brasileira e uma lição de vida dedicada aos princípios da solidariedade, fraternidade e respeito aos mais carentes. Parabenizo o senador Humberto Costa e os deputados federais, Felipe Carreras e João Campos pela iniciativa deste merecido reconhecimento”, finalizou Roberta Arraes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *